POLITICANDO

Programa Piauí Saúde Digital já está presente em cinco territórios e 112 municípios

Programa abrange cinco territórios de saúde: Cocais, Carnaubais, Chapada Vale do Rio Itaim, Vale do Rio Guaribas e Chapada das Mangabeiras

O Programa Saúde Digital já realizou 4.181 consultas especializadas em Piripiri

O Programa Saúde Digital já realizou 4.181 consultas especializadas em Piripiri Foto: Assessoria SESAPI

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) segue com o projeto de expansão do Programa Piauí Saúde Digital. O atendimento por telessaúde já está presente em 112 municípios do estado.


O programa já abrange cinco territórios de saúde: Cocais, Carnaubais, Chapada Vale do Rio Itaim, Vale do Rio Guaribas e Chapada das Mangabeiras. "Agora em julho iniciamos a implantação no território
Entre Rios", afirma o diretor da Unidade de Saúde Digital da Sesapi, Gabriel Mauriz.

Entre os serviços disponibilizados pelo Programa Piauí Saúde Digital estão consultas com clínicos gerais, disponíveis 24 horas, durante os sete dias da semana. Também são ofertados atendimentos em diversas especialidades, como dermatologia, ginecologia, cardiologia, psiquiatria, endocrinologia, pediatria, neurologia, nutricionista, psicologia, urologia e ortopedia.

"Até o final do ano estaremos nos 222 municípios que aderiram ao programa, levando um atendimento rápido e de qualidade para a população", destaca o secretário de Saúde, Antonio Luiz.




O Programa Piauí Saúde Digital é um programa pioneiro no Brasil, que começou em abril de 2023 como piloto nas cidades de Piripiri e Lagoa de São Francisco. O programa visa ampliar e melhorar a rede de serviços de saúde em todo o estado do Piauí com uso da telemedicina e outras tecnologias digitais para superar barreiras socioeconômicas, culturais e geográficas, e garantir o acesso à saúde de qualidade para toda a população piauiense.


"É uma tecnologia que está revolucionando o atendimento à nossa população. Em breve estaremos nos 222 municípios que aderiram ao programa", explica o superintendente de Média e Alta Complexidade da Sesapi, Dirceu Campêlo.

Fonte: SESAPI

Dê sua opinião: