POLITICANDO

Piauí completa duas semanas sem registro de mortes por Covid-19

Os casos confirmados da doença também apresentaram queda de 95% nos últimos 14 dias

Secretário de Estado da Saúde, Neris Júnior

Secretário de Estado da Saúde, Neris Júnior Foto: Sesapi

A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) está há 14 dias sem registrar mortes por complicações da Covid-19. Os números de casos da doença também apresentaram uma queda de 95% nas últimas duas semanas.


Para o secretário de Estado da Saúde, Neris Júnior, a vacinação foi a principal ferramenta no combate às mortes pelo Coronavírus. “A vacina foi de fundamental importância para que pessoas não fossem a óbito pela Covid-19. Mas não podemos esquecer que as ações do Governo do Piauí, desde o início da pandemia, foram essenciais para a preservação de muitas vidas em nosso Estado”, destaca o gestor.


Desde o início da pandemia, 7.735 pessoas perderam a vida para a Covid-19 no Piauí e 368.028 foram contaminados pelo vírus. Os óbitos e casos foram registrados nos 224 municípios piauienses. As internações de pacientes contaminados pelo vírus também apresentaram uma queda acentuada nas últimas duas semanas, estando 45 leitos destinados para a doença ocupados, sendo 26 pacientes internados em leitos clínicos, 13 em UTI’s e 06 em leitos de estabilização.


A vacinação contra a Covid-19, principal ferramenta no combate à doença, também segue avançando no Piauí. O Estado já conta com 100% de sua população vacinável (acima de 05 anos) com a primeira dose e 92,37% com a segunda dose. O reforço também já foi aplicado em 63,68% desse grupo. Porém o secretário lembra da necessidade da população retornar aos postos de vacina e reforçar sua proteção contra o vírus.


“Desde o início da campanha de imunização contra a Covid-19 contamos com a ajuda do povo piauiense. E hoje pedimos para quem já completou o prazo para tomar sua dose de reforço, que vá ao posto de saúde mais próximo e aumente sua imunidade contra a Covid-19, com sua terceira dose. E, ao público acima de 60 anos e profissionais da saúde que voltem no prazo de quatro meses após a terceira dose para tomar a quarta dose. Assim conseguiremos eliminar de vez a pandemia do nosso Estado”, lembra Néris Júnior.

VACINAÇÃO INFANTIL AVANÇA

O secretário de Estado da Saúde, Neris Júnior, comemorou os resultados da vacinação infantil no Piauí. Segundo dados do vacinômetro, registrados na manhã desta quinta-feira (28), 81,80% das crianças de 5 a11 anos do Piauí já receberam a primeira dose e 45,98% a segunda dose.

“É muito bom ver a vacinação dentro do estado avançando em todas as faixas etárias, principalmente em nossas crianças. Queremos melhorar ainda mais esses números, mas para isso precisamos da cooperação das pessoas em completar o seu ciclo vacinal. Para os adultos, pedimos que procurem e tomem até a dose de reforço e em respeito às crianças pedimos para que os pais garantam que elas recebam as duas doses da vacina. Somente assim, teremos nossa população protegida contra o vírus”, destacou Neris Júnior.

O secretário também comemorou os resultados que as taxas de vacinação vêm produzindo na saúde da população piauiense. Além da redução de casos graves desde o início dos trabalhos de vacinação, o estado está atualmente há 14 dias sem registrar óbitos.

“É mais importante ainda verificar que as vacinas possuem o resultado esperado e tem segurança para todas as pessoas que receberem as doses. Um exemplo desta segurança foi o relatório do Ministério da Saúde divulgado no último dia 26, que afirma que o Brasil não registrou nenhum óbito infantil por efeitos adversos da vacina”, reforçou o secretário.

O Ministério da saúde investigou 38 óbitos notificados por estados e municípios, mas todos foram descartados para efeitos da vacina. A vacinação de crianças de 05 a 11 anos teve início em dezembro de 2021.

Para dar mais celeridade à imunização infantil, o Piauí recebeu esta semana mais 40 mil doses de Pfizer pediátrica. As vacinas foram solicitadas pela coordenação de imunização da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) e já foram encaminhadas para os municípios para dar continuidade à imunização infantil no estado.

O Piauí foi o segundo estado brasileiro a protocolar solicitação junto a Anvisa para a liberação da vacinação de crianças e adolescentes.

Fonte: Sesapi

Dê sua opinião: