POLITICANDO

Júlio César, Iracema e Marina Santos votaram a favor do voto impresso

Sete deputados federais do Piauí foram contra a PEC defendida por Bolsonaro

Deputados votaram a favor do voto impresso

Deputados votaram a favor do voto impresso Foto: Montagem - Paulo Pincel

A "PEC do Voto Impresso" contou com o voto eletrônico de três deputados federais piauienses na sessão realizada na noite desta terça-feira (10). Eleitos com votos computados nas urnas eletrônicas, Iracema Portella (PP), Júlio César Lima (PSD) e Marina Santos (Solidariedade) votaram a favor da proposta defendida pelo presidente Bolsonaro, que previa a volta do voto impresso nas eleições do próximo. Átila Lira e Margarete Coelho, ambos do Progressistas, partido que é presidido pelo senador Ciro Nogueira, ministro-chefe da Casa Civil e agora aliado de Bolsonaro, votaram contra a volta do voto impresso. Os deputados Fábio Abreu (PL), Flávio Nogueira (PDT), Marcos Aurélio Sampaio (MDB), Merlong Solano (PT) e Rejane Dias (PT) votaram contra a PEC do Voto Impresso. Os deputados Júlio César, Iracema Portella e Marina Santos bem que tentaram, mas não conseguiram tornar real a fantasia de Jair Bolsonaro.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Dê sua opinião: