POLITICANDO

Ir ou não ir ao debate, eis a questão!

A grande polêmica do segundo turno é a participação dos dois candidatos nos debates

Dr. Pessoa e Kleber Montezuma disputam o 2º turno em Teresina

Dr. Pessoa e Kleber Montezuma disputam o 2º turno em Teresina

Começa a campanha no segundo turno da eleição para prefeito de Teresina. E começam as conversas, negociações, declarações, alianças e as traições. Tudo é esperado e tudo acontece. Entretanto, há uma pedra no sapato dos candidatos Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB). É a participação nos debates.

No primeiro turno, Dr. Pessoa participou de alguns deles. Porém, na reta final e deixou de ir. Muitas justificativas foram dadas pelo grupo político do emedebista. Muitas justificativas foram dadas pelos grupos políticos de oposição ao emedebista. O certo é que a participação dos homens e mulheres que pretendiam administrar Teresina nos debates era importante. É importante a presença dos dois adversários políticos nos debates, agora no segundo turno, mostrando seus projetos para governar a capital piauiense nos próximos quatro anos.

O tucano Kleber Montezuma já afirmou participar dos debates. O emedebista Dr. Pessoa demonstra não ter interesse em ir discutir as formas de administrar Teresina. Ir ou não ir ao debate é bom ou ruim? O eleitorado pode mudar de opinião ao assistir um debate entre os dois candidatos que querem ser prefeito? E se um candidato não participar pode ter prejuízo eleitoral? Não podemos afirmar nada.

Porém, Vale lembrar que o teresinense precisa conhecer, de fato, as propostas para ser o gestor de Teresina. E nada melhor do que as palavras saírem da boca de quem quer administrar a cidade verde.

Dê sua opinião: