PODER

Governador comemora decisão do Supremo: "precisamos proteger nosso povo"

"Medida ajuda a controlar ainda mais a disseminação do vírus no Brasil”, avaliou o governador

Governador do Piauí, Wellington Dias (PT)

Governador do Piauí, Wellington Dias (PT) Foto: CCom

O Piauí foi um dos primeiros estados do Nordeste a exigir o passaporte de vacina para acesso a eventos públicos e aos órgãos da administração estadual - inclusive dos servidores desses orgãos - e o governador Wellington Dias (PT), que assinou o decreto na semana passada tornando obrigatória a apresentação do cartão de vacinação, postou nas redes sociais, na manhã deste domingo (12), um elogi à decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luis Roberto Barroso, que determinou a obrigatoriedade da exigência de passaporte da vacina aos estrangeiros que ingressarem no Brasil.

"Precisamos proteger nosso povo e o Supremo Tribunal Federal (STF) deu um passo importante no sentido da obrigatoriedade do passaporte vacinas contra a Covid-19. Todos que entrarem no Brasil precisam mostrar o esquema vacinal, é uma medida que ajuda a controlar ainda mais a disseminação do vírus no Brasil”, comemrou Wellington Dias.

O Piauí, segundo dados da Secretária de Estado da Saíde, já vacinou mais de 93% da população acima de 12 anos com a primeira dose, os imunizantes contra a Covid-19. Com relação à segunda dose o estado também está avançando e conta 73,4% desse público vacinado. Os dados são do Sistema de Informação do Plano Nacional de Imunização (SI-PNI). Porém, dados da Fiocruz atestam que o Piauí tem mais de 240 mil pessoas que não retornaram aos postos de saúde para completar o esquema vacinal contra a Covid-19.

 

Fonte: Paulo Pincel

Dê sua opinião: