PODER

Sílvio Mendes atende à exigência de Ciro e anuncia que vai se filiar ao Progressistas

Simples assim: ou o ex-prefeito mudava de partido ou o Progressistas mudava de candidato

Sílvio Mendes assinou, novamente, sua filiação ao Progressistas

Sílvio Mendes assinou, novamente, sua filiação ao Progressistas

. A sabedoria popular ensina: "o que não tem remédio, remediado está. O ex-prefeito de Teresina, Sílvio Mendes, anunciou nesta sexta-feira (10) o que todo mundo político estava careca de saber: o PSDB virou história. E ele vai mudar de casa. Por livre e espontânea pressão. Para ser candidato a governador em 2022, Sílvio Mendes deixa o ninho tucano e vai se filiar ao Progressistas. Como exigiram "as lideranças do partido no interior" - leia-se: presidente nacional do partido, o ministro-chefe da Casa Civil de Bolsonaro, senador Ciro Nogueira.

O negócio era os eguinte: ou Sílvio mudava de partido ou o partido mudava de candidato.  "Qual é a lógica óbvia? Se eu aceitei ficar disponível para fazer um Piauí diferente, nós estamos andando com a Iracema, daqui a pouco com o Joel, com o Júlio e com mais quiser andar com a gente. Como ninguém conseguiu, qual é a lógica? Se eu me ofereci, claro que vou atrás de viabilizar uma disputa. Qual o partido? É o partido Progressistas. É o mais óbvio eu ir pra lá", argumentou.

O ex-prefeito já oficiou a saída ao PSDB. "Não tem dificuldade em entender isso. Eu me reuni, semana passada, com os tucanos e isso foi muito claro e ninguém discorda disso. É muito simples de entender... pensamos diferente", acrescentou o ex-prefeito.

Fonte: Paulo Pincel

Dê sua opinião: