PODER

Sesapi revela que 98% das mortes no Piauí são de pessoas que não tomaram o reforço

Os números são do Boletim da Sesapi referente a 29ª Semana Epidemiológica (17 a 23 de julho)

A Covid-19 continua fazendo vítimas no Piauí

A Covid-19 continua fazendo vítimas no Piauí Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Quase que 100% das mortes - 98% dos óbitos - causados pela covid-19 entre 1º de junho a 24 de julho são de pessoas que não tomaram a segunda dose de reforço da vacina.  Os números são do Boletim da Secretaria de Saúde do Estado (Sesapi), referente a 29ª Semana Epidemiológica (17 de julho a 23 de julho), divulgado nesta segunda-feira (25).

De acordo com o boletim, o número de piauienses vacinados com a segunda dose de reforço é muito preocupante, representando apenas 2% da população. Cerca de 43% dos piauienses tomaram a primeira dose de reforço (REF1) e 9% não tomaram nenhuma dose de vacina contra a Covid-19. 


Já os casos confirmados de Covid sofreram um aumento de aproximadamente 114,2% do mês de junho em relação a julho, saindo de 4.991 casos para 10.689 (até dia 24/07).  O número de óbitos também subiu de 20 casos no mês de junho para 85 em julho, num aumento de 325%. 


O boletim atesta que o Índice de Transmissibilidade Covid caiu de 1,19 para 0,96 na última semana. A taxa de positividade dos testes RT/PCR também caiu de 33% para 25% da 28ª Semana para a 29ª.


No mesmo período, houve uma redução de -4% na média móvel de casos positivos de 511 para 458 casos, representando uma tendência de estabilidade.


O número de leitos ocupados nas últimas oito semanas epidemiológicas está estável nos leitos de estabilização, caindo de oito para sete; a ocupação dos leitos clínicos também houve uma redução de 139 para 128; já a ocupação dos leitos de UTI aumentou de 50 para 56 leitos.

Fonte: Sesapi

Dê sua opinião: