PODER

"Órfãos da Covid-19" terão ajuda financeira mensal de R$ 500 dos governos do Nordeste

Filhos que perderam os pais para a Covid-19 terão auxílio financeiro do Estado

Governador do Piauí, Wellington Dias

Governador do Piauí, Wellington Dias Foto: CCom/Roberta Aline

Os "órfãos da Covid-19" - filhos que perderam os pais para a doença - poderão receber uma ajuda financeira mensal de R$ 500 do governos do estados do Nordeste.  A criação de um programa social para ajudar financeiramente filhos que perderam seus pais para a covid-19 foi acordada pelo Consórcio Nordeste e cada estado ficará encarregado de implementar o  Nordeste Acolhe, após aprovação dos Legislativos estaduais. No Piauí, 500 famílias deverão ser beneficiadas.

"Vamos encaminhar em agosto. Tem uma minuta aprovada na Câmara Técnica da área social (do Consórcio Nordeste), coordenada pela governadora Fátima Bezerra (do Rio Grande do Norte). E com a aprovação na Alepi já queremos implantar em agosto”, previu o governador do Piauí, Wellington Dias, presidente do Consórcio Nordeste.

“Acertamos no fórum dos governadores a aprovação do projeto Nordeste Acolhe. O que isso significa? No Nordeste, em cada estado, os governos vão encaminhar para as Assembleias Legislativas, um projeto em que se dispõe ao pagamento de um auxílio social no valor de R$ 500 para filhos órfãos de pai e mãe em razão da covid-19”, adiantou. 

“Isso é um compromisso não apenas social, mas uma preocupação que a gente tem com os efeitos pós-covid. Claro que nós vamos cuidar da área social de forma mais ampla, buscando a geração de emprego e renda, buscando as condições de manutenção do auxílio emergencial financeiro, de ampliação de investimentos, no entanto, há uma situação particular que atingiu famílias, aqui em nosso estado mais de 500 famílias, e com certeza terão o acolhimento por parte do estado e nesse caso do Consórcio Nordeste”, acrescentou Wellington Dias. 

Fonte: CCom

Dê sua opinião: