PODER

Operação “De olho no preço” fiscaliza preço da gasolina nos postos de Teresina

O coordenador-geral do Procon, promotor Nivaldo Ribeiro, coordenou o trabalho

Fiscal do Procon na Operação “De olho no preço” em Teresina

Fiscal do Procon na Operação “De olho no preço” em Teresina Foto: MPPI

O Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), do Ministério Público do Piauí, deflagrou, nesta sexta-feira (29), a operação “De olho no preço”, para fiscalizar o preço cobrado pelo litro da gasolina em Teresina, conforme a segunda redução seguida no valor do combustível, anunciada pela Petrobras. O Promotor de Justiça e coordenador-geral do Procon, Nivaldo Ribeiro, liderou as atividades.


A Petrobras anunciou, nesta sexta-feira, que o valor médio do litro passou de R$ 3,86 para R$ 3,71, redução de R$ 0,15 por litro, o que representa uma diminuição de 3,88%. Diante disso, o órgão ministerial decidiu vistoriar os estabelecimentos, para verificar se os mesmos tinham diminuídos os preços. Foram fiscalizados postos de combustíveis de toda a capital.


Durante a fiscalização in-loco, alguns estabelecimentos reduziram o valor da gasolina. Vale lembrar que, na semana passada, o valor do litro da gasolina já tinha recebido uma redução de R$ 0,20, pela Petrobras.

Fonte: MPPI

Dê sua opinião: