PODER

Governadores suspendem congelamento do ICMS cobrado sobre o preço dos combustíveis

Na sexta-feira (14), a maioria dos estados, inclusive o Piauí, decidiu suspender a trégua no reajuste do ICMS

Os preços dos combustíveis estão mais caros

Os preços dos combustíveis estão mais caros Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Depois que a Petrobras anunciou um novo reajuste nos preços dos combustíveis, na semana passada, os governadores da maioria dos estados brasileiros decidiram não mais prorrogar o congelamento do ICMS, que estava sem ser corrigido desde novembro do ano passado.

Na sexta-feira (14),  a maioria dos estados, inclusive o Piauí, decidiu suspender a trégua no reajuste do ICMS cobrado pelos estados sobre combustíveis. A partir de 1º de fevereiro, o ICMS volta a ser cobrado normalmente.

“Primeiro pelo descaso em que ali atrás se dizia a todo instante que o preço dos combustíveis era o preço do ICMS aplicado pelo estado, provamos que não”, afirmou o governador do Piauí, Wellingtoin Dias (PT), justificando o fim do congelamento da cobrança do ICMS.

“O objetivo da trégua era chegar a um entendimento para a reforma tributária, por outro lado a Petrobrás seguiu dando reajustes e mais reajustes ao combustível, então, se o objetivo era encontrar uma solução e as portas foram fechadas, é claro, o fórum dos governadores reagiu dizendo que não é possível, porque estamos abrindo mão de receitas de ações para nosso povo”, acrescentou.

Fonte: Paulo Pincel

Dê sua opinião: