Firmino Filho endurece decreto para fazer valer o isolamento social em Teresina

O prefeito ficou muito irritado com o grande número de pessoas nas ruas da capital piauiense

Prefeito de Teresina, Firmino Filho

Prefeito de Teresina, Firmino Filho Foto: PMT

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), assinou um novo decreto na tarde desta quinta-feira (2) para tentar manter o maior número de pessoas dentro de casa, depois que equipes da prefeitura, inclusive a Guarda Municipal, registraram muitos moradores de Teresina nas ruas, no comércio, muitos em filas sem obedecer o decreto de isolamento social nem o distanciamento mínimo de 1,5 metro recomendado pela Organização Mundial da Saúde para evitar a propagação do coronavírus. Firmino também alertou para o risco das pessoas viajarem para o Ceará, o terceiro estado em número de casos confirmados para Covid-19 no País.

Veja o decreto assinado hoje:

https://pmt.pi.gov.br/wp-content/uploads/sites/34/2020/04/Decreto-n%C2%BA-19.573-de-02.04.2020-Modif.-dispos.-Dec.-n%C2%BA-19.548-2020-Aut.-func.-e-susp.-outros-estab.-e-serv.-em-Teresina-Coronavi%CC%81rus.pdf

"Devido ao aumento de fluxo nos últimos dias na cidade e o perigo para o atual momento, vou publicar novo decreto restringindo ainda mais o comércio, mesmo em atividades que são importantes para a cadeia de serviços essenciais. Então, a partir de amanhã (3), lojas de material de construção e de peças automotivas deverão ser totalmente fechadas. Os petshops deverão fechar parcialmente. Continuarão abertos apenas para atendimento clínico dos animais" avisou o prefeito em post no Twitter.

Firmino Filho também advertiu sobre o grande número de casos de Covid-19 no Ceará. "Devido a nossa grande relação com o estado do Ceará, e o fato de Fortaleza já ser um dos epicentros da pandemia no país, estamos extremamente preocupados com Teresina nas próximas semanas. Naquele estado, já são quase 500 casos de Covid-19 confirmados. Grande parte dos nossos casos, inclusive os de óbito pela doença, tem alguma relação com o Ceará. Então o momento é de alerta geral. Fique em casa, agora mais que nunca!", recomendou.

Prefeito de Teresina, Firmino Filho não esconde a irritação com o descaso das pessoas com a pandemia do coronavírus
Foto: PMT

Fonte: Paulo Pincel

Dê sua opinião: