PODER

Comitê de Operações Emergenciais adverte: é cedo para liberar o não uso de máscaras

"A hora não chegou. É preciso ter 70% da população vacinada", defende infectologista

Uso obrigatório de máscara de proteção individual

Uso obrigatório de máscara de proteção individual Foto: Paulo Pincel

O Comitê de Operações Emergenciais criado para combater a pandemia da Covid-19 no Piauí ainda não deliberou sobre a liberação do não uso de máscaras em ambientes abertos no estado, como fez o governo do Maranhão. Lá, o governador Flávio Dino autorizou o não uso de máscaras em locais abertos.

Se depender do médico infectologista José Noronha, diretor-geral do Hospital de Doenças Tropicais Natan Portela e integrante do COE, ainda não é o momento para que as autoridades de Saúde do Piauí dispensem o uso de máscaras em ambientes abertos, como fez o Maranhão.

“Há uma dúvida dos gestores, do governador, se é hora de liberar o uso de máscaras. A hora não chegou. É preciso ter 70% da população vacinada com a segunda dose ou dose única que é suficiente para proteção das pessoas que não estejam vacinadas”, explicou José Noronha.

Médico infectologista José Noronha, diretor-geral do Hospital de Doenças Tropicais Natan Portela
Foto: Sesapi


“Além disso tem a adesão das pessoas que está preocupante. Essa semana o secretário Florentino alertou que cerca de 200 mil não tomaram a segunda dose da vacina contra a covid”, alertou o infectologista.

Wellington Dias retorna na terça-feira (16) ao Piauí e vai decidir se mantém a obrigatoriedade do uso de máscaras ou se libera as pessoas para que elas mesmas decidam se usam ou não a proteção.

O médico cita a Alemanha, exemplo no combate à pandemia, que enfrenta a quarta onda da Covid-19, mesmo com 67% da população com vacinação completa. “É preciso manter as medidas sanitárias como uso de máscara, distanciamento, lavagem das mãos, uso de álcool em gel. Estamos surfando em ondas positivas, mesmo a população negligenciando, mas é precoce liberar o uso de máscaras, já que estamos discutindo evento teste para monitorar o comportamento do vírus avaliando como será a transmissão do vírus”, concluiu.

Fonte: COE

Dê sua opinião: